Se você for MEI, separe agora seus gastos da empresa e pessoal

Home 9 Contabilidade 9 Se você for MEI, separe agora seus gastos da empresa e pessoal

O cenário empreendedor no Brasil está passando por profundas transformações, e o crescimento expressivo do número de Microempreendedores Individuais (MEIs) é um reflexo dessa mudança.

Falavinha Contabilidade – O cenário empreendedor no Brasil está passando por profundas transformações, e o crescimento expressivo do número de Microempreendedores Individuais (MEIs) é um reflexo dessa mudança. Com mais de 14 milhões de MEIs registrados no país em 2022, essa modalidade tem se tornado uma opção atraente para aqueles que buscam uma fonte de renda adicional ou desejam realizar o sonho de ter o seu próprio negócio.

No entanto, o caminho do empreendedorismo, embora promissor, está repleto de desafios, e a gestão financeira adequada é um dos pilares para o sucesso.

Neste artigo, exploraremos as práticas essenciais que todo MEI deve adotar para separar eficazmente seus gastos pessoais dos gastos da empresa.

Os cuidados ao se tornar MEI

De acordo com o Sebrae, o segmento de MEI é o que mais sofre com a mortalidade de novos empreendimentos, com 29% dos microempreendedores fechando as portas em apenas cinco anos. A dificuldade em gerenciar as finanças é apontada como uma das principais causas desse problema, com muitos MEIs enfrentando desafios na separação dos gastos da empresa e das despesas pessoais.

Para ter um negócio mais controlado para você MEI, vamos listar algumas dicas. Aqui, exploraremos uma maneira de separar efetivamente seus gastos da empresa e pessoais.

  • Abra uma conta MEI

Um dos erros mais comuns entre os MEIs é misturar as finanças pessoais com as da empresa. Utilizar a conta bancária pessoal para gerenciar os recursos da empresa pode criar uma bagunça financeira e dificultar o acompanhamento dos ganhos e gastos do negócio.

Portanto, é crucial abrir uma conta MEI ou PJ exclusivamente para as operações da sua empresa. Essa separação simplifica a gestão financeira e oferece maior clareza sobre a saúde financeira do seu negócio.

  • Separe um pró-labore

Estabelecer um pró-labore, ou seja, um salário mensal que cobrirá suas despesas pessoais, é fundamental. Isso evita que você recorra ao caixa da empresa sempre que surgir uma despesa pessoal, o que poderia prejudicar o desenvolvimento financeiro do seu empreendimento. Definir um valor fixo mensal para o pró-labore ajuda a manter as finanças pessoais e empresariais separadas.

  • Mantenha um fluxo de caixa

O fluxo de caixa é uma ferramenta fundamental para qualquer MEI. Ele consiste em um registro detalhado das entradas e saídas de dinheiro da empresa, permitindo uma visão clara do saldo mensal, das despesas fixas, das despesas variáveis e dos lucros.

Com essas informações, você pode avaliar o poder de compra da sua empresa e identificar se está cumprindo as metas financeiras estabelecidas a curto e longo prazo.

  • Sempre emita Nota Fiscal

A emissão de nota fiscal é uma prática essencial para qualquer MEI. Além de ser um requisito legal, ela também contribui para a organização financeira do negócio. A falta de emissão de notas fiscais pode prejudicar a imagem da empresa e limitar oportunidades de negócios.

Para ter um controle melhor e se certificar que suas obrigações fiscais vão estar sob controle, entre em contato com o Portal do IMEI FEDERAL, lá você vai encontrar uma equipe de contadores especializados no MEI, com vários serviços prontos para te auxiliar e te ajudar a turbinar o seu negócio.

  • Desenvolva um planejamento financeiro

Um planejamento financeiro sólido é a chave para o sucesso de qualquer MEI. Ele orienta as metas e estratégias do negócio, ajudando a determinar quanto deve ser alocado para cada projeto e despesa. Reavaliar e ajustar esse planejamento anualmente ajuda a manter o negócio no caminho certo, permitindo uma alocação eficiente dos recursos disponíveis.

Conclusão

Em um cenário de crescimento constante de MEIs, a gestão financeira eficiente torna-se um diferencial vital para o sucesso e a longevidade dos empreendimentos. Separar os gastos pessoais dos gastos da empresa é mais do que uma mera formalidade; é uma estratégia para manter a saúde financeira do seu negócio e garantir que ele prospere no longo prazo.

Ao adotar práticas como abrir uma conta MEI, estabelecer um pró-labore, manter um fluxo de caixa rigoroso, emitir notas fiscais, desenvolver um planejamento financeiro sólido e aproveitar as oportunidades oferecidas por plataformas digitais, você estará se preparando para o sucesso em um mundo em constante evolução.

Lembre-se de que o caminho empreendedor pode ser desafiador, mas com dedicação, planejamento e foco na gestão financeira, você pode superar os obstáculos e construir um negócio próspero como um MEI. Separar seus gastos da empresa e pessoais é o primeiro passo para garantir um futuro financeiro sólido.

Autor(a): Regis
Fonte: Contábeis
Link:https://www.contabeis.com.br/artigos/62071/mei-separe-agora-seus-gastos-da-empresa-e-pessoal/ 

Confira nossas Redes Sociais:
Instagram
Facebook
Youtube
Linkedin
Twitter

 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + = 18