Categorias
ERP CIGAM Gestão Holding

Holding Patrimonial e ERP CIGAM

O que é?

A Holding foi introduzida pela Lei das Sociedades Anônimas (Lei nº 6.404/1976), e desde sua data de publicação a Holding desempenha um importante papel na manutenção e controle de seus investimentos.

A Holding é uma empresa central, atuando como empresa-mãe/controladora de outras empresas quando tratamos de Holding de Participações. Portanto, é ela quem decide a gestão das demais empresas, detendo as participações majoritárias em outras empresas e controla sua gestão e políticas.

Vantagens

 Muitas são as vantagens da criação de uma Holding, tais como:

  • Segurança empresarial
  • Redução da carga tributária
  • Planejamento sucessório, prevenindo conflitos familiares e processo de inventário
  • Gestão patrimonial
  • Maior controle dos investimentos
  • Maior controle dos investimentos
  • Maior facilidade em financiamentos e créditos

 

Ressalta-se aqui também a importância de um bom profissional com experiência na gestão de participações, pois ele pode auxiliar melhores tomadas de decisões, reunindo informações importantes com mais precisão, apontar os riscos e benefícios dos investimentos, lidar com burocracias e leis, orientar, reduzir custos e impostos.

Como incorporar a sua empresa?

Claro, para incorporar as estratégias acima expostas, com eficiência é necessário contar com um software contábil que permita realizar um controle gerencial para as devidas tomadas de decisões. Desta forma, para que uma Holding desempenhe com excelência para administrar, gerir ou até mesmo evitar processo de inventário, é necessário dispor de informações gerenciais confiáveis para fins de monitoramento.

 

Assim, é devido citar que o sistema CIGAM, além de fornecer uma visão ampla da Holding (incluindo todas as suas empresas do grupo), também possibilita a demonstração das informações fiscais e contábeis das empresas do devido grupo tendo como base a necessidade de cada cliente.

 

Além, dos resultados contábeis e fiscais, a empresa poderá de fácil acesso analisar os resultados gerenciais junto ao CIGAM, baseada em balanço e índices econômicos. Esta possibilidade também se aplica à gestão orçamentária realizada no próprio sistema ERP, facilitando e proporcionando uma comodidade na gestão empresarial.

 

Por este motivo o Grupo Falavinha Next, juntou todas as necessidades do cliente, como um sistema ERP completo, e a Holding para a entrega de um serviço completo e diferenciado.

Categorias
Economia Holding Planejamento

Planejamento sucessório e patrimonial: somos especialistas nisso!

Entenda o que é o planejamento sucessório, patrimonial e como elaborá-los para garantir proteção econômica.

Provavelmente, você já deve ter ouvido alguém falar que teve os bens bloqueados pela justiça, ou que teve considerável perda patrimonial por causa de um contrato elaborado de forma equivocada ou desentendimentos societários.

Ouviu falar, também, daquele que deixou uma boa parte do patrimônio num inventário judicial ou, até mesmo, feito em cartório.

Nem vamos falar de brigas de família, separações matrimoniais, erros profissionais e outras desavenças que podem delapidar o patrimônio de uma família.

São histórias que só demonstram a importância do que eu chamo de Planejamento Patrimonial.

Planejamento patrimonial

Na prática e em resumo, o planejamento patrimonial nada mais é do que organizar todo seu patrimônio de forma que ele fique protegido, e que você consiga sucedê-lo de forma tranquila e principalmente econômica.

Dentre as ferramentas que temos para suceder ou proteger temos: Doação, Testamentos, Seguro de Vida, Previdência Privada e Estruturas Societárias, as famosas Holdings.

Holding é o instrumento mais procurado, hoje, para sucessão e para a proteção de Patrimônio. O que as pessoas esquecem é que não é apenas abrir uma empresa com objetivo de Holding e colocar os bens dentro dessa empresa. Às vezes, essa manobra, feita da maneira errada, não surte nenhum efeito, pelo contrário. É necessário estudar cada caso e escrever clausulas que condizem com o objetivo do planejamento.

Por isso, quando falamos de proteção patrimonial, o ponto mais importante é a pergunta: O que você quer exatamente proteger e de que? Isso vai pautar todo escopo do seu planejamento.

Planejamento sucessório

Vamos falar agora sobre o que é a definição do tão falado planejamento sucessório. Como próprio nome já diz, o foco total aqui é planejar a sucessão em vidaatravés de instrumentos, viabilizando que a transferência de patrimônio seja feita aos herdeiros de forma amena, sem grandes complicações, gerando redução de custos, destinação racional, preservação dos bens e preservação da atividade empresarial familiar.

As principais vantagens de um planejamento sucessório feito em vida podem ser resumidas em quatro fatores: redução de custos fiscais e proteção patrimonial, preservação dos bens e preservação da atividade empresarial da família.

Um planejamento patrimonial e sucessório bem feito, pode gerar uma grande economia em diversos pontos: tributos, taxas, gastos com inventários, impostos de doação, custos de testamento, e, como não se deve esquecer, economia com aluguel e venda de imóveis próprios.